ConcursosAbertos.com.br
18/04/2018 21h31 - Atualizado em 19/04/2018 13h29

Depen

Mudança de escolaridade no concurso gera discussões

Do total de 1.580 vagas, 1.440 deverão ser para o cargo de agente penitenciário, que propicia ganhos iniciais de R$6.030,23.

Tenha acesso ao material de estudo!

Há a possibilidade de modificação de grau de escolaridade para o seletivo Depen, fato que tem gerado debates entre os possíveis candidatos. A razão disso é que o Departamento Penitenciário Nacional disponibilizou a elaboração de uma minuta da Medida Provisória (MP) para a produção de 1.580 oportunidades no órgão. Neste documento, a novidade é a modificação da escolaridade do agente federal de execução penal (agente penitenciário), que vem causando polêmica.

O texto traz a proposta de modificação da escolaridade da função de grau médio para o superior em qualquer área. A MP ainda necessita de autorização e, caso tenha a aprovação, terá a publicação em Diário Oficial da União, já com caráter de lei.

Esta modificação acarretará de forma direta os interessados na seleção Depen e foi deles que a FOLHA DIRIGIDA quis buscar um parecer. Indagados, alguns leitores fizeram comentários sobre o tema. Para Ana Luiza Fortes, a depender das definições, pode ser uma ótima opção. "Se o vencimento for igual à escolaridade exigida, bem como as condições de exercício da função, acredito que seria uma boa decisão", argumentou.

Já o leitor Thiago Santos revelou que não concorda com a modificação. "Sou a favor que todos que já mudaram de escolaridade voltem a ser de nível médio. O Brasil tem que acabar com esse preconceito de achar que para tudo tem que ter faculdade", revelou.

Para Leandro Mendes esta é uma vertente que deve prosseguir. "Acho que no futuro todos os concursos serão de nível superior, pois o governo quer que a nação estude mais e mais", destacou.

O leitor Iago Ribeiro também argumentou, fazendo menção aos dois lados da possível modificação. "Por um lado é bom pela valorização, por outro essa mudança, que está para acontecer em pouco tempo antes do próximo concurso, prejudica quem possui o nível médio e já estava estudando. Tinha que deixar para uma outra ocasião, depois desse próximo concurso", comentou.

O requisito de criação de 1.580 oportunidades para o seletivo Depen está sob a avaliação do Ministério do Planejamento. Os últimos avanços ocorreram em 26 e 27 de março, quando o certame passou por diferentes áreas.

Foram eles Protocolo Central, Coordenação de Documentação e Informação, Assessoria Técnica e Administrativa, Secretaria de Gestão de Pessoas, Departamento de Legislação e Provimento de Pessoas, Coordenação Geral de Concursos e Movimentação de Pessoal e encontra-se atualmente na Divisão de Concursos Públicos.

Do geral de 1.580 oportunidades, 1.440 devem ser referentes a função de agente penitenciário. Ao passo que a medida provisória que altera a escolaridade não teve aprovação, exige-se ainda o grau médio. Ainnda, os concorrentes devem ter carteira de habilitação na categoria B ou superior.

Os vencimentos são de R$6.030,23, com a inclusão da gratificação de desempenho e o vale-alimentação, de R$458. A medida provisória que produzirá os novos empregos, porém, az a previsão da modificação do requisito de escolaridade, do grau médio para o superior em qualquer área.

O concurso pode ter 36 oportunidades para técnico federal de apoio à execução penal, de grau médio/técnico, e 104 de especialista federal em assistência à execução penal, para quem possua graduação em áreas específicas, ainda não mencionadas. Os salários serão de R$4.120,28 para técnico e R$5.865,70 para especialista.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, já fez o reconhecimento do critério de necessidade de seleções públicas para a área de Segurança, entre eles o do Departamento Penitenciário Nacional. Entrevistado coletivamente, em 28 de fevereiro, Jungmann, trouxe a informação de que está em avaliação o reforço no corporativo para agentes penitenciários federais.

De acordo com o ministro, não haverá nenhum limite de recursos para a área de segurança. "Entramos em contato com o Ministro do Planejamento (Dyogo Oliveira) e ficou definido que teremos zero contingenciamento dos recursos do Ministério Extraordinário de Segurança Pública neste ano", revelou. O setor ainda terá uma verba de R$2,7 bilhões.

O dia da inscrição será informado no site www.concursosabertos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Nossa equipe de professores desenvolveu um CD-ROM contendo apostilas digitais e audioaulas para concursos públicos. O interessante é que você só pagará após recebê-lo pelos correios. Por R$ 49,90. A devolução será aceita até 7 dias do recebimento. Faça seu pedido no formulário abaixo:

Solicite seu CD-ROM no formulário abaixo:

Nome Completo:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:

Correios

Nível Médio = R$ 2.885,37

O correios costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

O último concurso ocorreu em 2011 trazendo vagas em diversas áreas.

O cargo de carteiro exige nível médio e tem salário inicial de R$ 2.885,37.

O Cargo de Atendente Comercial e Operador de Triagem e Transbordo tem salário de R$ 2.348,87 (Nível Médio).

As disciplinas cobradas no último concurso foram matemática, português e informática.

As inscrições para o concurso dos Correios ainda não foram abertas, mas até lá vamos atualizando todas as informações.

Nossa equipe de professores desenvolveu um CD-ROM contendo apostilas digitais e audioaulas para concursos públicos. O interessante é que você só pagará após recebê-lo pelos correios. Por R$ 49,90. A devolução será aceita até 7 dias do recebimento. Faça seu pedido no formulário abaixo:

Solicite seu CD-ROM no formulário abaixo:

Nome:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:

Copie esta notícia e cole em seu site ou blog, citando a fonte:
https://www.concursosabertos.com.br

Vídeo-Aula de Português - Para Concursos, Vestibulares e ENEM