ConcursosAbertos.com.br
06/02/2018 12h12 - Atualizado em 07/02/2018 11h52

IBGE

Edital em breve: Rio é Estado com mais aposentadorias

O pedido é para 1.800 vagas, sendo 1.200 para técnicos, cargo que exige o nível médio e tem ganhos de R$3.556,85.

Tenha acesso ao material de estudo!

A Seleção Pública do IBGE deve disponibilizar um quantitativo grande de oportunidades para o Rio de Janeiro. A razão disso que é que essa é a região que mais se encontra em dificuldades com as aposentadorias.

No ano de 2017, de acordo com as estatísticas presentes no Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento. São 258, das 617 que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística promoveu o registro.

Esses dados são correspondentes a 41,82% das saídas no IBGE no ano de 2017 em todo o Brasil. Em comparação com as regiões com mais aposentados, a Sudeste está no topo do ranking.

Saíram 363 na região, em 2017, o que corresponde a 58,83% das saídas nas cinco regiões. Dessas, 253 se destacam no Rio de Janeiro, 56 em São Paulo e 49 em Minas Gerais.

Em seguida ao Sudeste está o Nordeste, com 112 aposentados. Esse quantitativo corresponde a 18,15%.

No Centro-Oeste estão 63 saídas (10,21%), no Sul, 60 (9,72%), e no Norte, 19 (3,09%).

O Planejamento não promove a divulgação da quantidade de aposentados por vaga. Contudo, de acordo com a Associação e Sindicato Nacional dos Funcionários do IBGE (ASSIBGE), a maior redução de funcionários ocorre entre técnicos do IBGE, função de ensino médio. Conforme a associação, diminuiu 60,7% de servidores.

Já as funções de ensino superior, o quadro promoveu a redução em 28,3%. Observando o prazo atual, o quantitativo de aposentados no IBGE passou de 5.276, em 2008, num alcance de 7.074, no final de 2016. O crescimento foi de 34,07%. Nesse prazo de tempo, o IBGE disponibilizou 2.832 aposentadorias (média de 354 anual). Entretanto, foram contratados no órgão 1.708 funcionários efetivos (média de 244 anual).

A solicitação do Processo Seletivo do IBGE é para 1.800 funções, sendo 1.200 para técnicos. O emprego tem como requisito o ensino médio e tem vencimentos de R$3.556,85. As demais 600 ocupações requisitadas são para o emprego de analista, de ensino superior. O salário nesse caso é de R$7.458,49. Nesses valores já são acrescidos o vale-alimentação de R$458.

A requisição de Seletivo obteve protocolo no Ministério do Planejamento na data de 15 de dezembro. Hoje o requisito está na Divisão de Concursos Públicos do Planejamento.

O Seletivo IBGE 2018 será discutido em reunião da ASSIBGE e o Ministério do Planejamento. O compromisso está disponível para o próximo dia 21 de fevereiro, em Brasília. Conforme a Associação, em 2017, estavam previstas 1.900 aposentadorias. Como 500 funcionários se aposentaram no órgão em 2017, 1.400 continuam em abono de permanência. Ainda de acordo com a ASSIBGE, esse número pode continuar aumentando mais, sendo o Concurso uma necessidade.

O Processo Seletivo do IBGE para permanentes foi procedido em 2015. No momento foram disponibilizadas 600 ocupações, sendo 460 de técnico, de ensino médio. Para o cargo de analistas, ainda ofertou-se 90 ocupações. A seletiva de técnico tem validade até 30 de maio e a de analista até 14 de junho.

Contudo, o IBGE já chamou os 600 aprovados e 300 classificados fora do limite exposto em edital. Novos classificados só podem ser convocados por despacho do presidente Michel Temer.

O dia da inscrição será informado no site www.concursosabertos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Nossa equipe de professores desenvolveu um CD-ROM contendo apostilas digitais e audioaulas para concursos públicos. O interessante é que você só pagará após recebê-lo pelos correios. Por R$ 49,90. A devolução será aceita até 7 dias do recebimento. Faça seu pedido no formulário abaixo:

Solicite seu CD-ROM no formulário abaixo:

Nome Completo:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:

Copie esta notícia e cole em seu site ou blog, citando a fonte:
https://www.concursosabertos.com.br

Trabalhe conosco = Nível Médio = R$ 3.300,00

Vídeo-Aula de Português - Para Concursos, Vestibulares e ENEM