ConcursosAbertos.com.br
19/03/2018 13h44 - Atualizado em 20/03/2018 10h16

INSS

Instituto reitera junto ao Planejamento urgência de Concurso

Das 7.580 vagas previstas, 3.941 são para o cargo de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem ganhos de R$5.344,87.

Tenha acesso ao material de estudo!

O Ministério do Planejamento recebeu do INSS o ofício que traz reforço sobre a relevância do novo Concurso, além da convocação dos aprovados do seletivo de 2015. O arquivo foi enviado à pasta pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, que possui vínculo com o INSS, deste 2016. Na última terça-feira, dia 13, ele foi anexado no procedimento vigente com o pedido das reposições de funcionários.

Nesse requisito, o Instituto solicita ao governo 16.548 ocupações, das quais 7.580 são para novo seletivo e 8.968 para convocatória de aprovados de 2015, seletivo em vigor até agosto.

Logo com o ofício em anexo, o pedido foi do Ministério do Desenvolvimento Social, onde estava desde 7 de fevereiro, e alcançou à Divisão de Concursos Públicos do Planejamento. Este não é o primeiro momento em que o Ministério do Desenvolvimento avisou ao governo a respeito da necessidade de servidores nas agências do INSS.

No fim de 2018, ao requisitar as reposições de servidores, o Instituto encaminhou ao Planejamento também uma nota técnica com estatísticas sobre os problemas de servidores.

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, já destacou manifestações públicas a cerca da importância de novo seletivo em relação ao atual cenário de empregados do INSS.

Comentou em entrevista que assim que a arrecadação e a cenário econômico melhorarem, o governo iniciará a convocação dos aprovados do último concurso. Relatou também que o Concurso vigente necessita ser esgotado antes de uma nova abertura.

O presidente do INSS, Francisco Lopes, também já destacou o reconhecimento de que são mesmas necessárias as convocações dos aprovados e ainda de um novo concurso. Ele reforçou ao Planejamento o critério de necessidade de autorizar, porém, por enquanto, a pasta não revelou nenhum aval para convocar aprovados.

Das 7.580 oportunidades disponíveis para o novo edital do Seletivo INSS, 3.941 são para o emprego de técnico do seguro social, que tem exigência do grau médio e tem vencimentos de R$5.344,87. Foram requisitadas ainda 1.493 ocupações para analista de várias graduações (ainda não mencionadas) e 2.146 para perito médico.

O emprego de analista é reservado a quem possua graduação nas áreas mencionadas e tem salários de R$7.954,09. O perito médico, por sua vez, é para quem possua graduação em Medicina, com R$10.616,14 por mês. Os vencimentos já contam com o vale-alimentação de R$458.

O Instituto requisita ainda a convocação de 8.968 excedentes ao certame de 2015, com validade até agosto. O INSS quer chamar os 2.169 classificados no certame (1.714 técnicos e 455 analistas), de acordo com as orientações do edital. As outras 6.324 convocações prosseguiriam com uma homologação suplementar. Nessa situação, mais de 6.160 técnicos e 164 analistas, totalizariam 8.968 aprovados.

Para a chamada pública de 8.493 aprovados, é preciso um despacho presidencial do presidente Michel Temer. O INSS quer, atualmente, chamar pelo menos mais 475 classificados (400 técnicos e 75 analistas), referentes ao adicional de 50% das oportunidades.

No ofício, em anexo ao procedimento do INSS com o requisito de seleção e de convocação de aprovados, a autarquia reforça ao Planejamento a recomendação do Tribunal de Contas de União (TCU). Em auditoria, procedida em 2013, o maior órgão de fiscalização brasileiro orientou o Instituto sobre um Plano de Reposição Continuada de empregados.

Nele, o INSS deve proceder processos seletivos periodicamente para que se evite um colapso. Isso, considerando as milhares quantidades de aposentados em todos os anos e o imenso intervalo de tempo sem seletivas na história. O processo seletivo voltou a ocorrer somente em 2003.

O dia da inscrição será informado no site www.concursosabertos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Nossa equipe de professores desenvolveu um CD-ROM contendo apostilas digitais e audioaulas para concursos públicos. O interessante é que você só pagará após recebê-lo pelos correios. Por R$ 49,90. A devolução será aceita até 7 dias do recebimento. Faça seu pedido no formulário abaixo:

Solicite seu CD-ROM no formulário abaixo:

Nome Completo:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:

Copie esta notícia e cole em seu site ou blog, citando a fonte:
https://www.concursosabertos.com.br

Trabalhe conosco = Nível Médio = R$ 3.300,00

Vídeo-Aula de Português - Para Concursos, Vestibulares e ENEM